*

FICHA TÉCNICA
  • DATA DE LANÇAMENTO
    Indefinida - PS3, Xbox 360, PC
  • DESENVOLVEDORA
    Fuzzyeyes Studio
  • Distribuidora
    SouthPeak Games
  • Classificação Etária
    Não informado(a)
  • Offline
  • Número de Jogadores
    1
Edge of Twilight traz uma mistura entre cenários pós-apocalípticos e elementos “steampunk”. Uma guerra entre duas grandes civilizações por uma vasta fonte de energia acabou dividindo o mundo em dois diferentes estados: dia e noite, ambos coexistindo no mesmo espaço. Lex, o último remanescente da parte derrotada na guerra é uma espécie de mestiço que detém a valiosa vantagem de poder viajar entre os estados, embora não sem sofrer certas alterações.

Alternar entre os reinos do Dia e da Noite não vai apenas fazer com que a luz entre e desapareça do universo. Toda a arquitetura do ambiente sofre mudanças radicais, evocando climas totalmente distintos. Além disso, o próprio protagonista sofre visíveis alterações quando viaja de uma realidade para outra.

O mundo da luz é predominantemente ocupado por uma tecnologia decadente, com imensas fábricas e complexos industriais invadidos pela mata e por toda sorte de inimigos bestiais (possivelmente advindos do reino da Noite). Utilizando então uma mistura entre espada e espingarda, Lex passa a combater vários inimigos rápidos — embora não muito resistentes — ao melhor estilo Dante. Trata-se do clássico combate de DMC, com tiros e centenas de espadadas.

Entretanto, ao utilizar o santuário e passar para o mundo da Noite, Lex abandona o seu sobretudo e a “gunblade” para se tornar uma criatura completamente diferente e bem menos humana. Tendo o seu tamanho aumentado e com vários espinhos pronunciados saltando dos braços, o protagonista assume uma figura não só mais bestial, mas também bem mais ágil,o que não só altera a forma das batalhas como também serve como um reforço para transpor certos obstáculos.
Comentários ()