*

FICHA TÉCNICA
  • DATA DE LANÇAMENTO
    08/02/2012 - PS3, Xbox 360
    07/02/2012 - PC
  • DESENVOLVEDORA
    Monolith Productions
  • Distribuidora
    Warner Bros.
  • Classificação Etária
    Para maiores de 17 anos
  • Online
  • Número de Jogadores
    1-4

Gotham City Impostors traz consigo uma proposta um tanto curiosa, algo que poderia ser descrito da seguinte forma: trata-se de um jogo do Batman... Sem a presença do Batman. Aliás, a ausência do Homem-Morcego não é a única. Mesmo os vilões clássicos do herói ficaram de fora. Para ocupar o vácuo deixado, aparece uma patota composta cópias baratas do alto escalão do universo DC. Ok, isso não é necessariamente ruim.

Em termos mais práticos, o projeto da Monolith Productions — mesma responsável pela série F.E.A.R — envolve um FPS (tiro em primeira pessoa) despretensioso no qual a personalização cumpre um papel central. Aqui, Gotham City se transforma em um palco para que até oito competidores finjam ser Batman, Coringa e afins para trocar tiros em suas roupas espalhafatosas e multicoloridas.

Absolutamente nada aqui é fixo, nem mesmo as tradicionais cuecas sobre as calças. Tudo pode ser alterado, das roupas às armas, sempre com alterações sensíveis na jogabilidade. Por exemplo, um corpo mais esguio poderá se mover com mais rapidez — embora não sem o prejuízo óbvio da força física.

Também as suas armas podem se parecer com qualquer coisa aqui. Ela pode trazer texturas e cores cômicas (cor-de-rosa, por exemplo), e também pode ser feita a partir de canos de PVC. O resultado final ainda poderá disparar mísseis ou fogos de artifício com a mesma pose. De qualquer forma, o que importa é fazer bonito na hora do tiroteio, de forma que se ganhem mais pontos de experiência que, em última análise, servirão para forjar um personagem ainda mais absurdo.

Comentários ()