Img_normal

Capcom planeja reduzir o tempo de desenvolvimento dos jogos, que atualmente está entre três e quatro anos, para no máximo dois anos e meio. A informação foi levantada por Kenzo Tsujimoto, em reunião com os investidores da companhia.

De acordo com o site Game Informer, Tsujimoto utilizou esse argumento para justificar o aumento na mão de obra contratada pela empresa e, consequentemente, uma folha salarial maior. “Acelerar o desenvolvimento provavelmente vai aumentar o nosso custo, mas a criação de conteúdo de qualidade será fundamental para que a Capcom se destaque no mercado”, explicou.

A aceleração no calendário permitirá que a Capcom diminua o intervalo entre os lançamentos, mantendo as franquias sempre abastecidas com muitas DLCs. O executivo citou como exemplo a franquia Lost Planet, cujo intervalo entre o segundo e o terceiro jogo foi de apenas dois anos e meio, diferente do que aconteceu com os títulos Resident Evil 5 e 6, cujo intervalo foi de três anos e meio.

Fonte: Game Informer

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!