Você pode não lembrar, mas, antigamente, os consoles tinham mascotes. Não estamos falando de personagens que remetiam diretamente a uma plataforma, como é o caso de Master Chief ou Nathan Drake, mas sim personagens “oficiais”, que representavam os aparelhos. É o caso de Mario para a Nintendo, Sonic para a SEGA e Crash Bandicoot para o PlayStation, segundo Jason Rubin, fundador da Naughty Dog.

A decisão foi tomada antes mesmo da Sony estar ciente sobre isso. Rubin e Andy Gavin, cocriador da desenvolvedora, decidiram fundar uma companhia e contratar funcionários para criar um game de ação que representaria o PlayStation sem nem mesmo saber se a gigante japonesa estaria trabalhando em seu próprio mascote.

Trabalhando sob o comando da produtora Universal, a Naughty Dog lançou Crash Bandicoot em agosto de 1996, após um acordo de distribuição com a Sony. O marsupial chegou a ser considerado por muitos como o mascote do PlayStation, até que o conceito caiu em desuso.

Fonte: GamesIndustry International

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!