O DICE Summit 2012, evento anual que reúne profissionais e empresas da indústria dos games, tem contado com a presença de muitas personalidades importantes. Primeiro foi o chefe da Epic Games anunciando a Unreal Engine 4 para este ano, agora, chegou a vez do gênio por trás da do motor gráfico falar um pouco sobre o quanto os video games ainda podem evoluir nas próximas décadas.

De acordo com o Game Informer, o guru da Epic acredita que nós ainda poderemos ver gráficos tão reais quanto a própria realidade, mesmo que demore mais algumas gerações. Sweeney reforça sua teoria dizendo que o olho humano é equivalente à uma câmera de 30 megapixels, e que movimentos acima de 72 frames por segundo são imperceptíveis aos humanos.

Sendo assim, as atuais telas com 8000 x 4000 pixels de resolução já devem alcançar o nosso limite fisiológico. Para produzir os gráficos que se aproximam da realidade, Sweeny acredita que seria necessário 2.000 vezes mais poder de processamento que o hardware mais potente disponível hoje.

Chips gráficos com este tipo de configuração ainda são apenas um sonho, mas, considerando a evolução constante que já vem acontecendo, é bem provável que fiquem disponíveis em, no máximo, 20 anos. “A única questão a ser resolvida é se os games estarão rodando em sua sala de estar ou em um servidor remoto”, acrescenta Tim.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!