Fonte da imagem: Divulgação/Electronic Arts
No futuro, a Electronic Arts quer ser uma empresa 100% digital, oferecendo seus games apenas por download. Pelo menos é essa a expectativa do presidente da companhia, Frank Gibeau, ao afirmar que a transição para esse tipo de mercado será lenta, mas inevitável. Segundo ele, os números não o deixam mentir, já que os negócios desse tipo são os que mais crescem na companhia.

Atualmente, jogos e DLCs adquiridos por meio de redes online representam 25% do total arrecadado pela Electronic Arts, mas esse mercado digital cresce em uma média de 47% ao ano. Segundo Gibeau, a distribuidora continuará a oferecer jogos físicos pelo tempo que for necessário, mas a ideia é criar uma relação direta entre a empresa e seus consumidores por meio dos downloads.

O Origin é o principal motor da estratégia digital da Electronic Arts. O serviço, lançado em 2011, conta com os jogos da empresa como carro-chefe, além de oferecer títulos de outras companhias.

Fonte: GamesIndustry International

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!