*

StarCraft II: Wings of Liberty

FICHA TÉCNICA
Não poderia haver representante melhor que Jim Raynor. O "herói machão" — hoje, um bebum — é um típico exemplo de harmonia entre homens e máquinas em prol do máximo da tecnologia e da eficiência militar. Os Space Construction Vehicles (SCVs), por exemplo, são cruciais para a coleta de cristais, bem como para a construção de estruturas básicas, como refinarias de gás.

Wings of Liberty segue a dinâmica tradicional dos grandes games de estratégia em tempo real: maximizar a coleta de recursos, mas criar estruturas, unidades e descobrir tecnologias rapidamente. Os pré-requisitos tecnológicos (reprovados por muitos gamers) aparecem novamente para que certas estruturas e unidades precisem de tecnologias específicas para ser criadas, e vice-versa.

Respeitando a fórmula do StarCraft original, Wings of Liberty conta com algumas adições nos visuais, nos sons, na jogabilidade e na interface que fazem uma diferença crucial durante a experiência com o jogo. Modos multiplayer e muita pancadaria envolvem mais um título espetacular criado pela Blizzard Entertainment.
Comentários ()