Apesar de ter vampiros como seu tema central, a primeira expansão de The Elders Scrolls V: Skyrim não pode ser acusada de simplesmente seguir modas. As criaturas encontradas no game há tempos já constituem uma parte integrante da série, e a maneira como elas são representadas fogem dos padrões estabelecidos em séries televisivas, filmes e livros recentes.

Em Dawnguard, criaturas malignas consideradas mortas ressurgem após centenas de anos de reclusão e exterminam completamente um grupo dedicado a manter a ordem no mundo. Em resposta a essa ação, vários guerreiros se organizam no Forte Dawnguard para reviver uma antiga ordem especializada em caçar vampiros.

Disponível para qualquer personagem que já tenha passado do nível 10, o pacote de conteúdos adicionais mostra o mundo de Tamriel sofrendo com uma nova ameaça capaz de destruí-lo. Cabe a você usar seus poderes de “Dragonborn” para impedir que isso aconteça ou como forma de se assegurar que o futuro não reserva qualquer esperança para os cidadãos livres de Skyrim.

aprovado

Duas histórias em uma

Pouco após iniciar sua aventura pelos conteúdos exclusivos de Dawnguard, surge a opção de permanecer como um guerreiro comum ou se transformar em vampiro. Dependendo da sua escolha, o roteiro do game segue por caminhos bastante diferentes entre si — apesar de muitos cenários serem comuns a ambos os lados do confronto, os personagens que você encontra e o final da trama possuem distinções notáveis.

Fonte da imagem: Baixaki JogosIsso ajuda a prolongar uma história que sozinha é capaz de consumir mais de 10 horas para ser completada, dependendo do nível em que seu personagem está. Somadas às centenas de horas oferecidas pela aventura básica de Skyrim, dificilmente você se verá abrindo mão do game por simplesmente não ter mais nada o que fazer.

Apesar de parecer estranha no contexto geral do game, a história do DLC é bastante contundente e serve para dar uma visão diferente do mundo de Tamriel. O que mais se destaca é o fato de que, em vez de simplesmente seguir tradições góticas típicas de temas vampirescos, a expansão integra as criaturas aos temas e ambientações típicos da série The Elder Scrolls.

Novas habilidades

Caso você opte pelo lado dos vampiros, surgirá no painel de seu personagem uma nova árvore de habilidade específica para essa transformação. Para aprimorar cada um de seus pontos, é necessário utilizar com frequência as habilidades especiais que você tem em mãos, que normalmente envolvem sugar todo o sangue de seus adversários.

Fonte da imagem: Baixaki JogosDa mesma forma, quem optou por virar um lobisomem também ganha novas maneiras de personalizar o herói controlado. Isso faz com que se transformar em alguma dessas criaturas se torne uma opção mais atrativa do que na versão básico do título, já que você não fica mais restrito a simplesmente atacar com golpes físicos tudo o que surge pelo caminho.

Mais opções de equipamentos

Dawnguard marca a estreia de uma nova classe de armamentos no mundo de Skyrim. Compartilhando a mesma árvore de habilidades que os arcos, as recém-incorporadas bestas mudam um pouco a jogabilidade do título, já que a baixa frequência de seus disparos faz com que seja preciso ter mais cuidado ao abordar os inimigos.

Fonte da imagem: Baixaki JogosPequenas alterações também foram feitas em outros quesitos do game, incluindo o sistema de forja que agora oferece novas opções. Embora as novidades não mudem tanto assim o universo do jogo, elas servem para preencher bem o vácuo que havia entre os equipamentos básicos e aqueles mais avançados, acessíveis somente para quem já tinha habilidades bem evoluídas.

reprovado

Antigos e novos bugs

Quem já jogou algum título produzido pela Bethesda sabe que a empresa é famosa por oferecer experiências repletas de bugs, e a história não é diferente aqui. Dawnguard introduz uma série de novos problemas que não ocorrem na versão básica de The Elder Scrolls V: Skyrim e que prejudicam a aventura em diversos momentos.

Fonte da imagem: Baixaki JogosDurante a análise realizada pelo BJ, não foram incomuns os momentos em que os indicadores relacionados a várias jornadas simplesmente não surgiam no mapa do jogo. Além disso, muitas vezes o forte Dawnguard se mostrava inacessível, situação que só era remediada quando o game era reiniciado ou um save anterior era carregado.

Baixa dificuldade

Não é preciso pensar muito para ver que o conteúdo disponível na expansão tem como alvo principal os jogadores que já passaram dezenas (ou centenas) de horas em Skyrim e procuram algo de realmente novo para fazer. Porém, a desenvolvedora esqueceu-se de levar em conta que esse público já possui personagens bem desenvolvidos, que dificilmente serão descartados em favor de novos protagonistas.

Fonte da imagem: Baixaki JogosPara heróis que já passaram do nível 35 ou 40 (dependendo de sua classe), Dawnguard vai se mostrar uma experiência bastante tranquila. Especialmente no caso de você já ter acesso a  grande parte do mapa do game, a aventura dificilmente apresenta momentos em que é preciso quebrar muito a cabeça ou partir em longas explorações para continuar progredindo.

vale a pena?

Caso você já tenha passado mais de 100 horas em The Elders Scrolls V: Skyrim e já tenha feito de tudo no game, sem dúvida Dawnguard é uma expansão que merece a sua atenção. Embora não mexa muito com a fórmula básica do título, o pacote de conteúdos desenvolvido pela Bethesda apresenta uma história intrigante e que fornece vários momentos de diversão.

Fonte da imagem: Baixaki JogosPorém, para aqueles que nem sequer terminaram de explorar o que o jogo básico tem a oferecer, o download não tem tantos atrativos, especialmente devido a seu preço relativamente elevado. Afinal, pagar US$ 19,99 (aproximadamente R$ 40) para adicionar 10 horas de jogatina a um game cujo conteúdo já demora centenas de horas para ser totalmente finalizado não é uma ideia muito atraente para quem está começando sua aventura agora.

Caso você esteja disposto a bancar o investimento, dificilmente vai se arrepender com o conteúdo oferecido por Dawnguard. Porém, ao menos no momento, não é uma má ideia esperar para que a expansão seja oferecida com desconto através do Steam ou da Xbox LIVE (e, futuramente, da PlayStation Network).