*

The House of the Dead: Overkill – Extended Cut

FICHA TÉCNICA
  • DATA DE LANÇAMENTO
    25/10/2011 - PS3
  • DESENVOLVEDORA
    SEGA
  • Distribuidora
    SEGA
  • Classificação Etária
    Não informado(a)
  • Offline
  • Número de Jogadores
    1-4

Overkill é uma mudança de direção bastante pronunciada no arcade clássico da SEGA. Além de deixar pela primeira vez a produção da porção japonesa da empresa, sendo agora produzido pela inglesa Headstrong Games, a série deve agora apresentar também um conceito inteiramente novo.

A idéia é recriar o clima bizarro do terror “trash” americano dos anos 60, com efeitos exagerados, história controversas, litros de sangue e toneladas de membros perdidos. A história traz a primeira missão do “Agente G”, que na ocasião juntou forças com um personagem conhecido como “Detetive Washington”. Na versão PlayStation 3, fases inéditas também acompanham a bela Varla Guns em busca de vingança.

A jogabilidade é muito parecida com a dos títulos anteriores, com a diferença de contar agora com o não muito eficiente, mas bastante oportuno PlayStation Move. Como de costume, você terá uma mira correndo pela tela, basta então atirar para estourar os miolos dos vários capiriras zumbis do jogo. Quem preferir, pode usar também o joystick tradicional do console da Sony, apesar desta alternativa não ser a mais indicada.

Existem ainda “power-ups” para facilitar um pouco as coisas, como o “Slo-Mofo”, que diminui a velocidade do tempo por alguns momentos. Vários bônus ainda podem aumentar a precisão ou o estrago causado pelas armas.

Comentários ()